Categoria Eventos e Oportunidades

porLeticia Abreu

V Parangolé da Cultura na Universidade

No dia 29 de outubro, às 15 horas, no salão Moniz Aragão, dentro do Palácio Universitário do Campus Praia Vermelha acontecerá a quinta edição do Parangolé da Cultura na Universidade, com o tema Encontros e Diferenças entre a Extensão e as Atividades Culturais.

Os colóquios representam a tentativa do CCJE de refletir sobre o papel e a importância da cultura, além de considerar e dimensionar as vinculações estabelecidas com o tripé – ensino, pesquisa e extensão – que orienta o processo acadêmico nas instituições de ensino superior do país. Vinculações com laços e redes bem diversas que suscitam o cotejamento das noções que diferenciam as políticas de ação cultural em cada instituição. Por isso, cada colóquio buscará aprofundar um tema importante desta área.

Nesse sentido, neste próximo Parangolé, contaremos com a presença da Pró-Reitora de Extensão da UFRJ, Professora Ivana Bentes; da Diretora de Produção Cultural da UFRJ por mais de 30 anos, Maria Dias; da Professora Sandra Becker, Coordenadora de Extensão do CCJE; do Porfessor Pedro Bicalho, Coordenador de Extensão do CFCH; do Professor Felipe Addor, Coordenador do NIDES – CT; da Professora Silvia Lorez Martins, Coordenadora de Extensão do CCMN; e da Professora Maria Clara Amado Martins Coordenadora de Extensão do CLA. E, por fim, junto no mesmo evento, o Grupo de Teatro Moitará apresentará uma cena-poema com a atriz Erika Rettl e o diretor teatral Venício Fonseca.

As ações em extensão nas universidades estão em campo muito similar ao das atividades culturais. Às vezes, se aproximam a ponto de se confundirem; em outras, se deslindam cada um em seu papel. Reconhecer esses passos de danças entre essas ações universitárias é considerar os tecidos comunicativos das universidades e, em particular, da UFRJ, buscando ajustar uma e outra à necessidade de produção de conhecimentos por todos os locais.

Como o colóquio será em formato de roda de conversa, todos os participantes poderão apresentar as suas considerações em diálogo direto com os debatedores.

Dia: 29 de outubro de 2019
Horário: 15 horas
Local: Salão Moniz de Aragão
Endereço: Campus da Praia Vermelha – Avenida Pasteur, 250 – Botafogo

Para mais informações, contate-nos através do e-mail atividadecultura@ccje.ufrj.br

porLeticia Abreu

I Festival da Canção Universitária do CCJE

Sejam bem-vindos ao I Festival da Canção Universitária do CCJE UFRJ!

Artistas e arteiros, reconhecendo o papel fundamental da arte e da cultura na Universidade, a Coordenação de Atividades Culturais do CCJE UFRJ convida a todas e a todos para seu primeiro Festival da Canção. Um festival competitivo, onde o corpo social da Universidade pode inscrever canções autorais. Assim, disseminando a arte, estabelecendo pertencimento do corpo social à Universidade e proporcionando diálogos e permutas!

COMO FUNCIONA

Qualquer aluno, técnico ou docente da Universidade, pode se inscrever pelo link veiculado para disputar a primeira fase do Festival. As inscrições vão até o dia 28 de Outubro via formulário. A primeira fase tem caráter eliminatório: os áudios nela submetidos passarão por votação popular online, também pelo corpo social da UFRJ. Serão qualificados para a segunda fase as 10 canções mais votadas, que se apresentarão dia 28 de Novembro no Campus da Praia Vermelha.

Estes irão competir em duas categorias, de melhor música e de melhor intérprete, para uma banca de jurados qualificada, que avaliará os competidores e chegará a um resultado de 3 vencedores em cada categoria.

A premiação consiste da gravação de 5 faixas para os primeiros em cada categoria, e de 1 faixa para os segundos e terceiros colocados em cada categoria.

QUANDO E ONDE

Inscrições de 10 de Outubro até 28 de Outubro
Votação Popular de 29 de Outubro até 21 de Novembro
Realização do Festival dia 28 de Novembro no Campus Praia Vermelha

E-mail para contato: atividadecultural@ccje.ufrj.br

Compartilhem e participem!

porLeticia Abreu

Coral do CCJE – INSCRIÇÕES ENCERRADAS

É com muito prazer que anunciamos o lançamento do Coral do CCJE! Elaborado com o objetivo de construção de espaços de trocas culturais no âmbito da música se manifestando como atividade extra-curricular na UFRJ, o coral contará com a participação do corpo social da Universidade, constituído por discentes, docentes e técnicos, gerando um novo ambiente de ressignificação da rotina e proporcionando trocas interpessoais entre esses três grupos. Além disso, o coro focará na inclusão daqueles que venham a se interessar mesmo sem possuírem domínio de técnica vocal ou conhecimento teórico musical. O repertório repleto de MPB pretende enfatizar a importância da experiência cultural brasileira, assim como estimular a consciência e crítica a essa realidade.

Os ensaios serão ministrados por Guilherme Imia, estudante de Licenciatura em Música na UNIRIO. Aos 15 anos iniciou a sua caminhada no meio coral integrando o Coral BomTempo com regência de Paulo Malaguti Pauleira, uma das maiores referências da música vocal brasileira. Desde então, deslanchou a integrar grupos vocais no Rio de Janeiro. Hoje, com 22 anos, faz parte dos grupos Zanzibar, Consoantes e Subversos, onde também desenvolve uma profunda pesquisa de percussão corporal. É fundador da banda Peruá, onde atua como multi-instrumentista e educador. Trabalha como professor de música no Centro de Educação Infantil Tabladinho e também como assistente de direção e violonista do Coral Diversus em parceria com Cris Delanno. Ainda na área do canto coral, foi monitor do Coro Cênico Cesgranrio por 2 anos.

Os ensaios acontecerão às segundas-feiras de 19:30 às 22h no campus da Praia Vermelha (em sala a ser confirmada) a partir do dia 14 de Outubro. O limite de inscritos é de 40 pessoas.

Se interessou e quer participar? Preencha o formulário para se inscrever!

Ficou com alguma dúvida? Envia um e-mail para a gente no atividadecultural@ccje.ufrj.br

porThaís Andrade

Como foi o nosso 4º Parangolé…

No dia 10 deste mês, aconteceu o Quarto Parangolé da Cultura na Universidade com o tema Currículos dos Cursos Universitários e as Ações Culturais. Nessa edição contamos com a presença de Ricardo Takahashi, professor do ICEX e ex-Pró Reitor de Graduação da UFMG; Deneir Martins, brincante e pesquisador popular no Rio de Janeiro; Hélios Malebranche, professor da FACC e coordenador de Graduação do CCJE; Richarde Júnior, estudante de Direito e membro do Coletivo Negro Cláudia Silva Ferreira; Bárbara Melo, estudante de Gestão Pública para o Desenvolvimento Econômico e Social e integrante do Coletivo de Mulheres Marielle Franco e Gustavo Peroba, estudante de Administração e membro da pasta LGBT do Centro Acadêmico de Administração.

Seguindo a proposta do evento, a roda de conversa deu início à discussão da importância de atividades culturais nos currículos universitários e pontuando a necessidade de algum modo institucionalização dessas ações como variável diversificadora das atividades acadêmicas. Ao longo da roda de conversa, também foi debatido o fato de que as atividades culturais e a produção científica promovem saberes diferentes que podem ser integralizados como alargadores das aptidões dos que os vivenciam. Dessa forma, urge o estabelecimento de lugares em que o debate possa aprofundar a lógica academicista dos currículos.

No decorrer disso, após as contribuições de experiências dos convidados e a abertura do debate, todos os presentes reconheceram a necessidade de alteração dessa realidade por meio da flexibilização dos currículos e mobilização visando a democratização do debate cultural, resultando, assim, na construção de uma universidade mais diversa.

Fiquem ligados que vem mais Parangolé aí!

porThaís Andrade

Das Ibéricas – Crônicas Peninsulares: OUP na UFRJ

Apresentação do OUP na Faculdade de Letras no dia 03/09/2019

Aconteceram, nos dias 3 e 4 do mês corrente, apresentações do Coral da Universidade de Porto, designado Orfeão da Universidade do Porto – OUP. Essas apresentações fizeram parte da primeira ação do projeto Das Ibéricas – Crônicas Peninsulares, que visa estabelecer cantos de ida e volta com as universidades de Portugal e da Espanha.

A ação Das Ibéricas – Crônicas Peninsulares está dentro do plano de ação da coordenação de atividades culturais do CCJE no Plano de Articulação entre as Práticas Culturais do CCJE, as realizadas em outros Centros e as ações indicadas pelos órgãos diretivos da UFRJ e tem como objetivo geral ajustar o diálogo, as trocas e a interação das atividades realizadas nas unidades do CCJE ao que é realizado em outros centros e ao que é indicado pelos órgãos centrais da Universidade, desde que atendam às especificidades da produção de conhecimento das unidades do CCJE. Além de, especificamente, aumentar a articulação, como estabelecido no item 1C) De articulação com as DRI UFRJ, CRI do CCJE para realização das atividades, com objetivo de cooperar com internacionalização das ações da universidade por meio da divulgação internacional das atividades culturais.

O Orfeão da Universidade do Porto passou lembrando aos estudantes, professores e técnicos do IPPUR, da Faculdade de Letras, das unidades condôminas do Palácio Universitário e da Faculdade Nacional de Direito que o canto coral é uma manifestação artística e de difusão de cultura importante. Confirmando, assim, que os cantos cantados aqui e lá podem estimular a internacionalização das atividades culturais comuns aos ambientes universitários.

Em breve, novas atividades do projeto Das Ibéricas – Crônicas Peninsulares voltarão a percorrer as unidades do CCJE instaladas em espaços intercampi da UFRJ. Aguardem!

porThaís Andrade

4º Parangolé da Cultura na Universidade

Na próxima terça-feira-feira, com apoio do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, realizaremos o 4º Parangolé de Cultura na Universidade com o tema COMPOSIÇÃO DE CURRÍCULOS E ATIVIDADES CULTURAIS NA UNIVERSIDADE.

Nossos Parangolés vem acontecendo desde o início do ano com o objetivo de causar reflexão sobre a importância das ações culturais na qualificação de nossas práticas de ensino e pesquisa e difusão do conhecimento. O formato das rodas de conversa é aberto à participação de todos presentes, possibilitando o diálogo entre a comunidade e os debatedores

Nessa edição, contaremos com a participarão do Professor Ricardo Takahashi do Departamento de Matemática do ICEX e ex Pró-reitor de graduação da UFMG; de Deneir Martins, brincante e pesquisador popular da cidade do Rio de Janeiro; de Hélios Malebranche, coordenador de graduação do CCJE; de Alexia Goulart do Coletivo Negro Claudia Silva Ferreira; de Bárbara Melo do Coletivo de Mulheres Marielle Franco e de Gustavo Peroba, integrante da Pasta LGBT do Centro Acadêmico de Administração (CADM).

Toda a comunidade é bem vinda para construir esse evento!

porThaís Andrade

Das Ibéricas – Crônicas Peninsulares: Orfeão Universitário do Porto na UFRJ

O “Das Ibéricas – Crônicas Peninsulares” é um projeto desenvolvido com o objetivo dar o pontapé inicial na internacionalização de atividades culturais, focando na troca entre universidades brasileiras e outras da Península Ibérica.

O primeiro evento do projeto contará com a presença do Orfeão Universitário do Porto na UFRJ. Serão realizadas duas apresentações e uma roda de conversa em três campus da UFRJ: Fundão, Praia Vermelha e FND. Para mais detalhes, acesse o nosso evento no facebook!

porThaís Andrade

Terceiro Parangolé da Cultura na Universidade

Acontecerá o terceiro Parangolé da Cultura na Universidade, dia 21 de agosto, às 10 horas, no Salão Moniz Aragão, Palácio Universitário. O Parangolé vem acontecendo desde o início do ano, com objetivo de refletir sobre a importância das ações culturais na qualificação de nossas práticas de ensino e pesquisa e difusão do conhecimento.

Os colóquios representam a tentativa do CCJE de refletir sobre o papel e a importância da cultura, além de considerar e dimensionar as vinculações estabelecidas com o tripé – ensino, pesquisa e extensão – que orienta o processo acadêmico nas instituições de ensino superior do país. Vinculações com laços e redes bem diversas que suscitam o cotejamento das noções que diferenciam as políticas de ação cultural em cada instituição. Por isso cada colóquio buscará aprofundar em tema importante desta área.

Nesse sentido, o terceiro Parangolé da Cultura na Universidade colocará em sua roda de conversa algumas ações de promoções de inclusão de epistemologias não hegemônicas nos espaços universitários no processo de composição dos conhecimentos, observando os diálogos entre saberes. Participarão o Professor José Ribamar Bessa, do Pró-Índio da UERJ; Professora Eleonora Gabriel, Coordenadora da Cia Folclórica, da Escola de Educação Física e Dança e do Encontro com o Mestres Populares, do CCS/UFRJ; a Professora Katia Gorini pensando a criação do Departamento Artes em Escultura, na EBA/CLA/UFRJ; o Professor Walter Suemitsu, e atuante no projeto NIDES – Núcleo Interdisciplinar de Desenvolvimento Social de Pós-Graduação e Decano do CT/UFRJ; e da Professora Carmen Teresa Gabriel, Coordenadora do Comitê Permanente do Complexo de Formação de Professora e Diretora da Faculdade de Educação – CFCH/UFRJ.

A iniciativa assume o esforço de escuta, visando a ampliar a visão das ações de diálogo entre saberes existentes em Instituições de Ensino Superior e observar confluências. O Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas conta com a sua participação para manutenção da abrangência dessa edição do Parangolé.

Como o colóquio será em formato de roda de conversa, todos os participantes poderão apresentar as suas considerações em diálogo direto com os debatedores.

Dia: 21 de agosto de 2019

Horário: 10 horas

Local: Salão Moniz Aragão

Endereço: Campus da Praia Vermelha da UFRJ – Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário – Praia Vermelha

Mais informações:

Site do CCJE UFRJ

ou e-mail atividadecultural@ccje.ufrj.br

porVinícius Fernandes

IN Perspectiva Debates

O Ciclo de debates “IN Perspectiva” tem como objetivo realizar encontros nos quais sejam observadas questões importantes para as Universidades, para a cidade, para o estado e o país em diversos aspectos considerados por seus convidados. Isso move as opiniões. Cria espaço de conjunções, de ajustes e de conhecimento do que somos e de como vemos certos objetos, situações e composições políticas.

Tal ciclo de debates está ligado ao gabinete do Decano e se configura, na Coordenação de Atividades Culturais, como atividade do Plano de Integração das Ações Culturais no âmbito do CCJE. Como entendemos que as ações culturais não são só eventos artísticos ou festivos, então, reconhecer a forma que cada unidade estabelece para mudar certas noções e convicções é um repertório adotado pela Coordenação de Atividades Culturais do CCJE como acontecimento cultural, e está assentado no objetivo geral de integrar ações comuns para as unidades do CCJE. Quando o Centro assume o propósito de fortalecê-las junto à comunidade universitária mais geral. É uma atividade prevista pela Coordenação no “plano Universal – com as unidades”. Neste primeiro evento do “IN Perspectiva”, busca-se fortalecer a tradição de realização de debates comumente praticado pela FND.

Esta primeira ação do “IN Perspectiva – Debates” visa a indagar quais são as perspectivas da flexão de gênero nas universidades? Com essa indagação, convidamos quatro mulheres ocupantes dos principais espaços dirigentes na UFRJ para cederem suas considerações: a Reitora da UFRJ, Professora Denise Pires de Carvalho; a Presidenta da ADUFRJ, Professora Maria Lúcia Werneck Teixeira Vianna; a Coordenadora-Geral do SINTUFRJ, Neuza Luzia Pinto; e a Coordenadora-Geral do DCE Mário Prata – UFRJ, estudantes Nathália Borges.

O IN Perspectiva acontece no dia 7 de agosto, às 10 horas, no Salão Nobre da Faculdade Nacional de Direito – FND, na rua Moncorvo Filho, 08 – Centro.

Mais informações pelo correio eletrônico: atividadecultural@ccje.ufrj.br

porVinícius Fernandes

10ª SIAc – Semana de Integração Acadêmica – Inscrições Prorrogadas


INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ DIA 15/05/2019


Sobre:

10ª SIAC/UFRJ vai reunir a 41ª Jornada de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural (JICTAC)16º Congresso de ExtensãoSemana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT/UFRJ)11ª Jornada de Pesquisa e Extensão da UFRJ-Macaé e 6ª Jornada de Formação Docente – PIBID.

Tendo como objetivo assegurar o espaço para a apresentação e a discussão dos trabalhos de ensino, pesquisa e de extensão desenvolvidos na UFRJ, proporcionando a troca de experiências entre estudantes de ensino médio, de graduação e de pós-graduação, professores e técnicos administrativos.

Orientada pelo tema geral “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”, na SIAc deste ano serão apresentados trabalhos em diversos formatos: oral, pôster, e-pôster, oficina, instalação, minicurso, vídeo, exposição artística e performance.

Toda a programação da SIAc é aberta ao público, porém algumas das atividades exigem inscrição prévia.

As inscrições de trabalho estarão abertas até o dia 13 de maio. Se você é bolsista, fique atento! Acompanhe as informações pelo site e pelo Facebook

CRONOGRAMA PREVISTO DAS ETAPAS DA SIAc 2019

Etapas Prazos
Lançamento do Edital 03/04/2019
Inscrição de trabalhos 10/04 a 13/05/2019
Resultado da avaliação dos resumos pelo(s) parecerista(s) 10/06/2019
Alteração de resumos pelos autores (apenas resumos com aceito condicionados à revisão) 10/06 a 17/06/2019
Resultado da avaliação dos trabalhos revisados 10/07/2019
Divulgação da Programação Final 12/09/2019

 

 

 

 

 

Bolsistas